Flood

Página 3 de 3 Anterior  1, 2, 3

Ir em baixo

Re: Flood

Mensagem por Convidado em Seg Mar 10, 2014 4:49 pm

É, muito -qqqq

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Flood

Mensagem por Convidado em Qua Jan 07, 2015 7:52 pm

ADAPTEM PRA SITUAÇÃO BB, PREGUIÇA DE EDITAR
IDEIA MINHA PRA OUTRO FÓRUM
FALTOU SÓ CUSPIREM NA MINHA CARA
ACEITO OPINIÕES THANKS


Oizinho. Algumas pequenas ideias surgiram na minha mente e resolvi vir por aqui. Se essas coisas já existem/são aplicadas aqui, desculpem-me e desconsiderem; eu realmente não sou de ler tutoriais, avisos e afins.  Por favor, não julguem o que eu colocar aqui, por favorzinho. -Q'  Bom, por ordem, então:

A sugestão é relacionada à Hogwarts. Uma coisa que eu acho extremamente chata é ter onze anos em rpg. Eu sei lá, não me agrada ser tão nova assim e admito que não sei mais como ter um personagem com essa idade. Acho que a maioria também não curte muito ser primeiranista e ser obrigado a inventar que rodou duzentas e trinta e sete vezes pra poder ter lá pelos quatorze, quinze anos. Tenho uma conta aluna, mas admito que não apetece-me jogar nela por ela ser nova demais, por estar no primeiro ano (que, com todo o respeito, é muito chatinho, pois os alunos ainda não tem a desenvoltura para algumas aulas mais elaboradas; não por conta dos players, mas pelo desenvolvimento dos personagens, que a princípio, teriam média de onze, doze anos) e por outros mil motivos que não dizem exatamente respeito ao que eu quero dizer aqui. Mas enfim, me enrolei. O que eu quero propôr é que não comece pelo primeiro ano aqui. Primeiro porque é chato; segundo porque é um rpg que relativamente pequeno, ou seja, poucos conseguiram, de fato, chegar ao sétimo ano sem cansar (convenhamos, é cansativo fazer aulas); e em terceiro lugar, porque seria muito mais legal poder desenvolver um personagem que já tem, de fato, idade para namorar, para duelar, para comportar uma trama mais elaborada (e, por vezes, mais legal, também), etc.

"Mas Kathleen, que loucura é essa?" Eu explico. Tem dois jeitos de fazer isso: um deles é por vagas. Já joguei rpg's de jcink (uma rede como a forumeiros, só que um pouco diferente e mais complexa) em que haviam espécies de "vagas" para tantos alunos em cada um dos anos de Hogwarts, para que o player pudesse escolher em qual deles seu personagem ficaria. Existia um número "x" para cada aluno de cada casa em cada ano. Segue abaixo o modelo:




Era algo assim. Tinha-se um quadro deste tipo do ano em que se iniciava, a qual todos eram colocados inicialmente (como se fosse um primeiro ano, etc), e quem quisesse ter direito a um dos anos ali tinha ou que fazer ficha (se houvesse vaga conforme sexo e casa) ou então ir passando de ano. A ideia seria desenvolvida para o que ficasse melhor entre ficha e etc. A regra básica era que só um conta por off poderia estar em um ano superior, para que não houvesse acumulo de anos que nem seriam usados e para que não virasse bagunça. As pessoas que não faziam as aulas e eram, por exemplo, do sexto ano por ficha, perdiam-no, pois estavam simplesmente ocupando o lugar de alguém que poderia de fato jogar. O outro modo era simplesmente começar de outro ano, e não do primeiro. Do quinto, por exemplo; aí todos que entrassem como alunos iriam automaticamente para o quinto ano. Se acharem que o quinto é muito avançado, poderia ser do terceiro, também. Acho que isso seria bom porque:

(1) uma questão de lógica: um aluno primeiranista não tem nenhuma grande história de amor com onze anos.
(2) aluno com dezesseis anos no primeiro ano com aquela história de "repeti mil vezes" é ridícula, se me permitem dizer.
(3) a cara dos alunos - photoplayer - iria ser condizente com a idade; pior coisa usar um pp que tem 20 anos, por exemplo, e a conta ser obrigada a ter doze, treze.
(4) seria mais condizente com algumas habilidades, também, como por exemplo a animagia. Animago no primeiro ano é uma coisa tão sem nexo quanto um meio gigante com meio metro.
(5) as aulas seriam mais interessantes.
(6) não demoraria tanto para se formar, que é o que todo mundo quer, suponho, além de dar para desenvolver tramas super bem.

Mas Kathleen, e quem já está em outro ano? Teria de "retroceder" caso isso fosse aplicado, perdendo as horas de vida perdida fazendo aula e bla, bla, bla? Depende. Ficaria a critério da adm; os que já possuem algum ano poderiam ser distribuídos nos anos maiores. Por exemplo, se fosse do quinto ano que começasse, os que estão no segundo ficariam no sexto e os que estão do terceiro para cima, no sétimo.

Ainda com o assunto em Hogwarts, gostaria de sugerir que fizessem uma edição do Torneio TriBruxo. Não sei se essa é a finalidade de ter-se o grupo de Beauxbatons, mas se for, desculpe; estou por fora, como já disse antes. Seria criado o grupo de Durmstrang, também, e haveriam um máximo de vagas para cada uma dessas escolas. Seria um torneio como jogos vorazes, com perigo da conta morrer e tudo. Seria legal.

OBS: vale a pena ressaltar que não seriam criadas extensões ou escolas complementares para cada uma das outras Academias de Magia; pelo menos, não de cara. Se o rpg crescesse mais e houvesse interesse não só da adm, mas como dos players, até acho justo. Se não, creio que só usá-las como intercambistas e competidores do torneio é mais válido.

Por enquanto é isso. Se rolarem mais ideias, o que deve acontecer, eu volto.


xoxo,

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Flood

Mensagem por Beauxbatons em Qua Jan 07, 2015 8:05 pm

Trama: ok.
Ideias rolando.
Me digam mais tópicos.
avatar
Beauxbatons
Administrador
Administrador

Mensagens : 67
Data de inscrição : 27/05/2013
Idade : 31

Ver perfil do usuário http://ourbeauxbatons.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Flood

Mensagem por Convidado em Qua Jan 07, 2015 8:48 pm


Tópicos discutidos para a volta de BB:
-Sistema monetário. (são necessários galeões, sicles e blá pra comprar certos itens, como livros, vassouras, etc. Para se obter o dinheiro, você deve trabalhar ou... - completem a frase.)
-Sistema de aulas. (Dependendo da profissão que o usuário deseja, ele pode se matricular nas aulas certas, assim ele não precisa postar em matérias que não gosta e fazer um post totalmente forçado e "inútil")
-Trama central. (Vocês sabem qual é, eu não -q)
-Quests e Missões. (As quests e missões podem servir pra se adquirir experiencia ou quem sabe dinheiro - Isso sou eu quem to falando, não vi vocês dizendo isso - o fato é que vai ter, também pra não deixar o fórum parado.)
-Habilidades, Criaturas Mágicas. (Adquiridos através de ficha e necessário postar mensalmente com o que possui se quiser manter a habilidade/criatura.)
-Objetos Mágicos. (Adquirido para missões, para não haver aquela conversa de "preciso de um objeto pra cumprir a missão, mas fulano já pegou" ou pra não serem usados desnecessariamente.
-Cannons. (Vocês sabem melhor que eu -q)
-Quadribol em Tópicos. (Ao invés de quadribol em skype, ele vai rolar em tópicos, mas só tem permissão pra postar quem for do time de quadribol, caso contrário, só observa o jogo. No final das partidas um narrador faz um post único com os detalhes do jogo pra quem perdeu só ir lá e ler.)
-Revistas e jornais com senha. (Entra na parte de sistema monetário. Pra liberarem a senha pra uma pessoa, ela precisa comprar a revista.)
-Grupos estudantis. (Grupos pro pessoal se inscrever e passar o tempo e coisa e tal.)

Acho que é tudo <3 Acrescentem o que eu esqueci

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Flood

Mensagem por Convidado em Qui Jan 08, 2015 3:13 pm

BERTHA CROSS VILLENEUVE
SUB-SECRETÁRIA SÊNIOR
MEIO-VEELA
LINDSAY ELLINGSON
OCUPADO
RESUMO DO PERSONAGEM

Olhos claros, cabelos loiros, um rosto completamente angelical e um jeito incrivelmente sedutor: essas são as verdadeiras armas de Bertha. A mulher sempre conseguiu tudo que queria. Desde pequena, quando levava vida de princesa devido aos mimos que seus pais ausentes davam-lhe em excesso para suprir a sua falta, até depois de adulta, quando descobriu o verdadeiro poder que sua linhagem, por assim dizer, continha. Não há nada que uma noite não consiga, a loira sempre diz, com um riso malicioso nos lábios.  

Quando a Lady das Trevas descobriu esta mulher e o quanto suas habilidades de sedução eram úteis, não demorou a ir até ela solicitar sua lealdade; conseguiu sua lealdade ao prometer dinheiro, jóias e essas coisas que pessoas fúteis como Bertha amam e idolatram. Aos poucos, a mulher foi tornando-se uma peça importante para sua mestra: muito rapidamente a jovem dos olhos perolados passou de um simples peão a um dos bispos no campo de xadrez que é a atual situação entre aurores e comensais, bem e o mal.

A Lady, convencida da fidelidade e poder da aliada, logo solicitou a maior missão de todas: a tomada do Ministério da Magia francÊs. Entusiasmada com a tarefa, Bertha aceitou e logo foi mandada para o ambiente de trabalho; onde, graças às suas habilidades pessoais, sejam as que forem - mágicas ou os prazeres que ela afirma dar em troca de favores -, subiu à sub-secretária do ministro muito rapidamente.

Metade de sua missão foi cumprida, afinal, ela está infiltrada no Ministério e tem uma posição importante. Agora, falta apenas seduzir o Ministro Roosevelt e, depois, matá-lo - tudo isso sem der descoberta ou acusada de alguma coisa. Mas essa missão que, anteriormente, parecera tão fácil, revela-se aos poucos mais complicada do que ela imaginou quando uma pessoa parece ser disposta a estragar tudo.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Flood

Mensagem por Convidado em Qui Jan 08, 2015 4:02 pm

INOVAÇÕES - RPG BEAUXBATONS

SISTEMA ESCOLAR;

A primeira ideia diz respeito ao modo como inicia-se os estudos em Beauxbatons. Uma coisa que eu acho extremamente chata é ter onze anos em rpg. Eu sei lá, não me agrada ser tão nova assim e admito que não sei mais como ter um personagem com essa idade. Acho que a maioria também não curte muito ser primeiranista e ser obrigado a inventar que rodou duzentas e trinta e sete vezes pra poder ter lá pelos quatorze, quinze anos. Tenho uma conta aluna, mas admito que não apetece-me jogar nela por ela ser nova demais, por estar no primeiro ano (que, com todo o respeito, é muito chatinho, pois os alunos ainda não tem a desenvoltura para algumas aulas mais elaboradas; não por conta dos players, mas pelo desenvolvimento dos personagens, que a princípio, teriam média de onze, doze anos) e por outros mil motivos que não dizem exatamente respeito ao que eu quero dizer aqui. Mas enfim, me enrolei. Quero propôr que não comece pelo primeiro ano. Primeiro porque é chato; segundo porque é um rpg que relativamente pequeno, ou seja, poucos conseguiram, de fato, chegar ao sétimo ano sem cansar (convenhamos, é cansativo fazer aulas); e em terceiro lugar, porque seria muito mais legal poder desenvolver um personagem que já tem, de fato, idade para namorar, para duelar, para comportar uma trama mais elaborada (e, por vezes, mais legal, também), etc.

"Mas que loucura é essa?" Eu explico. Tem dois jeitos de fazer isso: um deles é por vagas. Já joguei rpg's de jcink (uma rede como a forumeiros, só que um pouco diferente e mais complexa) em que haviam espécies de "vagas" para tantos alunos em cada um dos anos de Hogwarts, para que o player pudesse escolher em qual deles seu personagem ficaria. Existia um número "x" para cada aluno de cada casa em cada ano. Segue abaixo o modelo:


Era algo assim. Tinha-se um quadro deste tipo do ano em que se iniciava, a qual todos eram colocados inicialmente (como se fosse um primeiro ano, etc), e quem quisesse ter direito a um dos anos ali tinha ou que fazer ficha (se houvesse vaga conforme sexo e casa) ou então ir passando de ano. A ideia seria desenvolvida para o que ficasse melhor entre ficha e etc. A regra básica era que só um conta por off poderia estar em um ano superior, para que não houvesse acumulo de anos que nem seriam usados e para que não virasse bagunça. As pessoas que não faziam as aulas e eram, por exemplo, do sexto ano por ficha, perdiam-no, pois estavam simplesmente ocupando o lugar de alguém que poderia de fato jogar.

O outro modo era simplesmente começar de outro ano, e não do primeiro. Do quinto, por exemplo; aí todos que entrassem como alunos iriam automaticamente para o quinto ano. Se acharem que o quinto é muito avançado, poderia ser do terceiro, também. Acho que isso seria bom porque:

(1) uma questão de lógica: um aluno primeiranista não tem nenhuma grande história de amor com onze anos.
(2) aluno com dezesseis anos no primeiro ano com aquela história de "repeti mil vezes" é ridícula, se me permitem dizer.
(3) a cara dos alunos - photoplayer - iria ser condizente com a idade; pior coisa usar um pp que tem 20 anos, por exemplo, e a conta ser obrigada a ter doze, treze.
(4) seria mais condizente com algumas habilidades, também, como por exemplo a animagia. Animago no primeiro ano é uma coisa tão sem nexo quanto um meio gigante com meio metro.
(5) as aulas seriam mais interessantes.
(6) não demoraria tanto para se formar, que é o que todo mundo quer, suponho, além de dar para desenvolver tramas super bem.

"E quem já está em outro ano? Teria de 'retroceder' caso isso fosse aplicado, perdendo as horas de vida perdida fazendo aula e bla, bla, bla?" Depende. Ficaria a critério da adm; os que já possuem algum ano poderiam ser distribuídos nos anos maiores. Por exemplo, se fosse do quinto ano que começasse, os que estão no segundo ficariam no sexto e os que estão do terceiro para cima, no sétimo.

OBS: caso não tenha ficado claro, não começaria do quinto como se fosse a primeira vez do bruxo com a magia. Em trama, ele teria feito todos esses anos e estaria apenas iniciando em on no quinto. Não sei se deu para entender, mas qualquer coisa, explico novamente e de um modo mais fácil.

A segunda coisa quanto a Beauxbatons é o sistema de aula. Acho bagunça termos uma enorme variedade e cada um fazer o que quiser, alheios a qualquer aula obrigatória - afinal, elas sequer existem, ao que eu recordo. A ideia original é estipular aulas obrigatórias e as opcionais e manter assim até o sexto ano (caso for adepta a mudança sugerida ali em cima): faz opcional quem quiser e se inscrever (será como visto nos livros, em Hogwarts), obrigatórias são obrigatórias e fim. No entanto, no sétimo ano, será montada uma grade específica para cada um dos ramos ao qual o jovem pode seguir depois que formar-se: direito (?), no Ministério; jornalismo, no Mérlim Magazine; medicina, no Saint Alliance; e por aí vai. Assim, o aluno fara o que lhe diz respeito para formar-se na área em que deseja atuar depois de formado. Ou uma grade própria para quem quer apenas assumir como adulto formado.

Terceira e última coisa: grupos estudantis. Talvez organizados por professores ou pelos próprios alunos; não sei ao certo, seria algo a pensar. Mas imagina um grupo de astronomia, onde os fanáticos pela matéria poderiam passar o tempo estudando juntos sobre? Acho válido que eles existam e contem como algo a ser "colocado no currículo", como se fosse uma especificação, algo ao qual você é bom. Entende? Ou, então, grupos como o que o professor de poções do sexto livro/filme de Harry Potter faz, com os favoritos. É algo que eu acho estimulante.

PERTENCES E AFINS;

É completamente sem nexo quando vemos por aí um jovem que afirma ter um basilisco como animalzinho de estimação. Na minha opinião, é algo que não tem pé nem cabeça. A não ser que a tal criatura seja adquirida - e convenhamos, criaturas mágicas legais como as que as pessoas descrevem ter, como fênix e afins, não se encontram em qualquer loja. A sugestão é fazer uma espécie de ficha, como as das habilidades, para as criaturas mágicas. Seria acrescentados pufosos, fênix's e todas e quaisquer criaturas que seja apta a pertencer a um bruxo. Nada de dementadores e coisas do tipo, apenas o que couber na lógica. Existiriam vagas, mas não creio que sejam necessárias fiscalizações. Isso é algo a se pensar.

Outra coisa muito legal são os objetos mágicos, mas até certo ponto, se não ficam sem sentido também. Se uma (repare no uma, e não "a') capa da invisibilidade é uma coisa rara, qual a lógica de mil alunos terem uma? Não. Ficha e fiscalização. Todos os objetos bruxos conhecidos seriam disponibilizados a quem desejasse, mas para tê-los, seria necessário passar por um critério. Vagas também seriam feitas, etc.

Mesma coisa que já acontece com as habilidades, só que adaptada para ambas situações citadas acima.

SISTEMA MONETÁRIO;

Seriam acrescentadas rendas aos que trabalham. Tudo que pudesse ser comprado teria de ser obrigatoriamente pago. Existiria um sistema de impostos, contas e afins. Acho que daria mais realidade ao jogo e daria uma função aos bancos bruxos, além dos cargos. Não só galeões, mas sicles e nuques também. Para as famílias que desejassem ser de grande riquezas, seria feita uma pequena ficha (não chega a tanto) para descrever de onde vêm a riqueza. Seria montado um quadro com os valores a receber de cada um dos empregos que o rpg oferece. Valores a tratar.

OUTRAS INOVAÇÕES;

Quests, missões e mestrados: 'missões' dirigidas cujo objetivo é entreter os players, além de renderem alguns prêmios. Talvez dinheiro, poções raras, objetos... nunca se sabe. As questes seriam todas feitas em um tópico e quem quisesse, poderia fazer. Missões acontecem toda a semana em tópicos específicos e com horário. Mestrados são semelhantes a tramas, mas com o diferencial de serem fundamentais para a trama geral do rpg e serem realizadas em tópico on game.

Torneios estudantis entre Beauxbatons: entre casas e/ou equipes formadas. Diversas competições a qual vão somando-se pontos. A discutir.

Torneio TriBruxo: gostaria de sugerir que fizessem uma edição do Torneio TriBruxo. Seria criado o grupo de Durmstrang e Hogwarts e haveriam um máximo de vagas para cada uma dessas escolas. Seria um torneio como jogos vorazes, com perigo da conta morrer e tudo. Seria legal.

OBS: vale a pena ressaltar que não seriam criadas extensões ou escolas complementares para cada uma das outras Academias de Magia; pelo menos, não de cara. Se o rpg crescesse mais e houvesse interesse não só da adm, mas como dos players, até acho justo. Se não, creio que só usá-las como intercambistas e competidores do torneio é mais válido.

Trama: está sendo desenvolvida e abrange todo o rpg, além de haverem cannons envolvidos.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Flood

Mensagem por Ministério da Magia em Sex Fev 27, 2015 6:52 pm

mais de um ano de ourbb
choremos -qqqq
avatar
Ministério da Magia
Administrador
Administrador

Mensagens : 81
Data de inscrição : 26/06/2013
Localização : França

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Flood

Mensagem por Convidado em Sex Fev 27, 2015 7:10 pm

isso significa mais de um ano sem bb
shora

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Flood

Mensagem por Beauxbatons em Sab Abr 18, 2015 3:41 pm

acho que eu vou morrer se tiver que ficar mais um ano sem bb
avatar
Beauxbatons
Administrador
Administrador

Mensagens : 67
Data de inscrição : 27/05/2013
Idade : 31

Ver perfil do usuário http://ourbeauxbatons.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Flood

Mensagem por Ministério da Magia em Dom Abr 19, 2015 3:40 pm

bb ç.ç
avatar
Ministério da Magia
Administrador
Administrador

Mensagens : 81
Data de inscrição : 26/06/2013
Localização : França

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Flood

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 3 Anterior  1, 2, 3

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum